Logo Alume
EntrarSimule

5 Formas de conseguir estágio extracurricular na medicina

A procura por estágio extracurricular na medicina tem aumentado muito, e os motivos são variados. Durante a pandemia muitos cursos interromperam a parte prática, o que pode ter causado uma defasagem no aprendizado; nem sempre sentimos que a experiência vivida no internato é suficiente para nos preparar para a atuação médica; sem contar os pontos a mais que as atividades extracurriculares podem propiciar nas provas de residência.

Assim, o estágio extracurricular é uma forma de se aperfeiçoar, de estar em contato com áreas mais específicas e desejadas e também de criar uma rede de relacionamentos. Além disso, pode ser uma forma de conseguir uma graninha extra.

Seja qual for o motivo que te faz buscar um estágio extracurricular, a dúvida sempre é por onde começar a procurar. Listamos as 5 principais formas de conseguir o estágio tão desejado.

1. Ligas Acadêmicas

As ligas acadêmicas podem ser a primeira chance de fazer um estágio extracurricular. Os professores responsáveis proporcionam um contato mais próximo com a área de interesse da liga, através de visitas a hospitais e acompanhamento de plantões e procedimentos. É uma oportunidade de ter acesso a especialidades desejadas e ver um pouco da rotina desses serviços. Esses estágios costumam ser mais observacionais e com duração mais curta, e não geram certificação, uma vez que o certificado fica vinculado à participação da liga acadêmica.

2. Processos seletivos para hospitais públicos ou privados

Vários hospitais abrem processos seletivos para estágios extracurriculares remunerados ou não. Normalmente as provas acontecem anualmente, mas em alguns lugares elas podem acontecer de 6 em 6 meses. Os campos de estágios são os mais variados, desde vagas em emergência, CTIs adulto e pediátrico, até vagas para áreas mais específicas, como obstetrícia ou dermatologia. Para não perder nenhuma inscrição, faça uma lista dos hospitais da sua cidade, verifique se houve processos seletivos anteriores e a época do ano em que eles aconteceram. Siga perfis de cursos preparatórios para provas de estágio, eles costumam divulgar os editais dos processos seletivos. Uma outra dica é seguir aquela “blogueirinha” da faculdade, que divulga materiais, dicas de estudo e o dia-a-dia do curso, porque a chance de ela compartilhar esse tipo de informação é grande.

3. Análise de currículo

Ao invés de provas, algumas seleções acontecem por análise curricular. Para se informar sobre datas de inscrição e hospitais que optam por esse tipo de seleção, é só seguir os mesmos passos do item anterior. Também é importante manter seu currículo lattes atualizado e seus certificados organizados.

4. Centro de estudos dos hospitais

Caso você não consiga passar em nenhuma seleção, não desanime!  Vários hospitais possuem centro de estudos, que além de promover atividades de ensino e pesquisa científica intra-hospitalar, também ficam responsáveis por receber acadêmicos e inseri-los em campos de estágio dentro do hospital.

Você pode entrar em contato por e-mail ou pessoalmente, indo até o hospital e visitando o centro de estudos para obter maiores informações. Aqui a seleção acontece normalmente por ordem de inscrição, com uma fila de espera, então se você estiver no meio do ciclo clínico, pode ser o momento para se candidatar a uma vaga.

5. Acompanhar um médico

Uma outra opção é acompanhar algum médico conhecido, seja familiar, amigo ou professor. Aqui é importante destacar que nem sempre você conseguirá obter um certificado após o término do estágio. Mas todo conhecimento adquirido vai ser importante para a sua formação, e dessa forma pode ser mais fácil de conseguir algo mais voltado a sua área de interesse.

Fazer estágio extracurricular vai além de adquirir e aperfeiçoar conhecimento, é uma forma de networking importante e e de se familiarizar com futuros colegas e locais de trabalho. Aproveite ao máximo seu estágio!

botão de ajuda whatsapp